Abrasce revela perfil do frequentador de Shopping Centers

Pesquisa encomendada pela associação à GfK, empresa alemã de estudos de mercado, traz dados exclusivos sobre quem visita os malls das principais cidades brasileiras

Novo levantamento da empresa de pesquisa GfK a pedido da Abrasce – Associação Brasileira de Shopping Centers – revela o perfil do frequentador dos centros de compras no Brasil. O estudo tem como objetivo conhecer o perfil demográfico e características de hábitos e atitudes de quem visita os shopping centers no país. Em 2012, a pesquisa foi realizada nas cidades de Brasília, Salvador, Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. Pela primeira vez, foi incluída uma capital da região Norte (Belém –PA), única localidade que ainda não fazia parte do levantamento. A cidade de São José dos Campos, no interior de São Paulo, também passou a ser avaliada, como representante das cidades do interior.

Entre os principais destaques, a pesquisa aponta um aumento no percentual de frequentadores jovens – com menos de 29 anos – nos centros de compras e, ao mesmo tempo, um recuo na faixa acima de 45 anos. Ainda de acordo com a pesquisa, 56% do público frequentador é do sexo feminino e 44% masculino, variável que pouco se alterou desde o início do levantamento, em 2006.

O interesse da classe média pelas compras em shopping vem aumentando nos últimos anos. A pesquisa realizada pela Gfk apontou um aumento no percentual de frequentadores pertencentes à classe C/ D, que saltou de 24% em 2012 para 30% em 2014. O levantamento mostrou ainda que 53% dos frequentadores são de classe B, contra 17% de classe A. Em 2012, data do último levantamento, o público de classe A representava 22% desta fatia.

A visita ao shopping continua fazendo parte da rotina semanal dos entrevistados. 63% dos frequentadores declararam visitar o shopping ao menos uma vez por semana e 37% fazem visitas quinzenais ou mensais. A média por frequentador é de 7 visitas por mês, ou seja, quase duas vezes por semana.

O tempo médio gasto dentro do shopping é de 76 minutos (em 2012, o tempo foi de 73 minutos). Destaque para os baianos que passam mais tempo dentro do shopping que os demais participantes da pesquisa: 98 minutos. A maioria das pessoas (58% dos entrevistados) saem de suas casas para ir ao shopping, demonstrando que a visita é planejada.

De acordo com o levantamento, a principal motivação ainda são as compras. 40% dos consumidores declararam ir ao shopping para fazer compras; 12% procuram serviços, lanchonetes, restaurantes ou cafés; 11% para ver vitrines; 9% para encontrar pessoas; 7% para pagar contas em lojas; 4% vão ao cinema e ou passear e 5% alegaram outros motivos.

O hábito de consumir em praças de alimentação, restaurantes ou cafés nos shoppings continua crescendo. Dos entrevistados em 2014, 43% foram à praça de alimentação, contra 40% em 2012. Destaque para Porto Alegre (48%), Rio de Janeiro (48%) e São Paulo (46%). Ainda, o hábito de consumir na praça de alimentação está bastante relacionado às idas ao cinema. Dos 43% que declararam ter se alimentado durante a visita ao centro de compras, 60% tinham como principal motivação ir ao cinema.

Cerca de 8 em cada 10 frequentadores (83%) têm o hábito de ir ao cinema no shopping. Neste ano, a pesquisa aponta um crescimento no percentual de frequentadores que compram ingressos pela internet (11%) e em totens de autoatendimento (12%). Em 2012, estes índices correspondiam a 8%, em ambos os casos.  Apenas 21% do público do cinema vai exclusivamente para assistir filmes. A maioria (72%) vai à praça de alimentação e 40% passam em lojas.
O gasto médio em 2014 foi de R$ 164,00, contra R$ 161,23 em 2012.

O levantamento registrou ainda um aumento acentuado de compradores em 2014. Dos entrevistados, 60% afirmaram terem feito compras, contra 45% registrados em 2009. As praças que mais impulsionaram esse movimento foram Salvador (75%) e Belo Horizonte (70%).

Associados Abrasce podem obter a pesquisa na íntegra na acessando a área restrita do Portal: http://migre.me/lldue

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>